Buscar
  • ericagonsales

Entra aqui


Cena de Desejo e Perigo, de Ang Lee

Você chegou, aquele frio na barriga de garota apaixonada que queremos sentir o máximo de vezes na vida. No minuto que dura pra você pegar o elevador eu já sinto seu beijo, minha buceta manda um sinal pro resto do corpo num arrepio. É muito devagar que a gente se enlaça num canto, de frente, por trás, pelos olhos, pelos poros.


Me empino oferecendo a bunda pra você meter, aí mesmo. Sinto seus dedos admirando o côncavo que se forma nas minhas costas. Eu peço “me fode”, você diz “eu fodo”, num tom baixo não muito baixo, e me fode sim que bom se não acabasse nunca. Do mesmo jeito que minha vontade é voltar a ter seu pau na boca por muito tempo, lento e molhado, e com urgência e rápido, e tomar tempo pra respirar e te olhar com sua outra cara. A cara desse você que ainda vou nomear. E vou dizer que você pode pegar firme nos meus cabelos pra me guiar e foder minha boca como quiser. E eu quero gozar assim, seu pau na boca e meus dedos em mim. Assim.


Eu quero descobrir tudo que você gosta. E quanto mais você gostar, mais eu vou te dar. Te beijar no pescoço pra te arrancar um suspiro. Te abrir as pernas pra você morar. Te pedir e te obedecer.


Achei esta cena que acho uma das mais lindas de sexo do cinema, do filme Desejo e Perigo, do Ang Lee. Pena que não tem áudio, mesmo assim vale demais.

211 visualizações