Buscar
  • ericagonsales

Estado de Tesão Permanente

O Estado de Tesão Permanente (ETP) não se resolve facilmente com masturbação e nem com a transa. Por isso que quando acontece e você ta solteira se torna uma questão que traz complicações diversas como: falta de concentração em atividades que te exijam pensamentos que não sejam sexo; você ter a sensação física de ser impotente em relação ao seu corpo; uma agonia da incerteza de quantas vezes você vai precisar transar e/ou gozar pra que ele passe.


Quando o Estado de Tesão Permanente te acomete, se masturbar piora os sintomas, porque o tesão cresce. Você pode escolher pornografia, pensar no menino que você gosta, no crush que é tua foda mais foda. Pode ser fetiche hardcore, pode ser uma história que você cria. Vai dar o mesmo resultado, que é uma vontade permanente de transar.

E mesmo que você transe, por melhor que seja, em pouco tempo já vai estar querendo mais. Porque transar te deixou, sim, com mais tesão ainda. E como dificilmente você tem pessoas a disposição pra transar com vc todos os dias, a única coisa que resta é esperar que o Estado passe em alguns dias.


Causas: podem ser várias, mas exige uma análise caso a caso. É comum para quem sofre do Estado de Tesão Permanente estar em uma fase muito doida da vida, em que não há muita satisfação em outras áreas. Recém solteiros são também um grupo de risco. Assim como aqueles que estão com encantamento por alguém que nunca se sabe quando vai voltar pra te comer de novo. Você pode se sentir frustrado, dar pala nas redes sociais, e cair no erro de beber pra preencher esse vazio que nada preenche de verdade. Ou pelo menos não com a frequência que você necessita.


É muito importante lembrar que beber vai te deixar com mais tesão e aumentar o risco de fazer merda. Chamar pessoas nada a ver pra te comer, tipo um cara que foi escroto e você já tinha riscado da lista, alguém que rouba sua brisa, um macho que te á tesão mas zero vontade de olhar pra cara dele e ter uma conversa básica. Não chame seu ex, ele não vai ajudar em nada com o EPT. Você vai correr o risco de continuar com tesão e ainda por cima emputecida com alguma descoberta inesperada. Talvez você não goste de ver o pacotão de camisinha dele no banheiro, se pá até duas taças de vinho tomadas na pia. É cilada.


O que dá pra fazer: vão transando o quanto for possível, se masturbando com roteiros mais elaborados, e não tenham pressa de gozar. Talvez o gozo seja também um gatilho pro ETP.


Ilha do Marajó. Foto Autumn Sonnichsen

0 visualização